Há semelhança do sistema respiratório, os nossos olhos podem também manifestar reações alérgicas e poderá tornar-se bastante desagradável. As principais causas de alergia são poeiras, mofo, ácaros e partículas químicas presentes no ar.

Uma grande causa de alergia nos olhos ocorre devido à dermatite de contacto, este problema alcança as pálpebras e acontece devido ao uso indevido ou fora de prazo de produtos de maquilhagem e cosméticos.

Os principais sintomas de alergia nos olhos são vermelhidão, lacrimejo e sensação de comichão. Outros indicativos de alergia ocular que podem ocorrer são ardor, sensação de corpo estranho no olho e secreção com pus, contudo alguns destes sintomas já podem indicar uma infeção bacteriana.

 

Alergia ocular: O que fazer?

Existem alguns procedimentos que pode realizar em casa para diminuir e aliviar os sintomas de alergia. Contudo e caso os sintomas prevaleçam ou sujam outros sintomas, aconselhamos consultar um oftalmologista para tratar a alergia completamente.

 

Limpar os olhos com soro fisiológico

Primeiramente, em caso de comichão e vermelhidão, recomendamos limpar os olhos com soro fisiológico. Usar o soro fisiológico fará com que as partículas de poeira ou outros agentes alergénicos sejam removidos.

 

Usar compressas com água fria

Para acalmar e aliviar os sintomas de alergia, humedeça água bem fria em compressas ou, caso não tenha, use algodão e coloque por cima dos olhos por algum tempo. Este procedimento irá fazer com que o desconforto dos sintomas vá diminuindo.

Tenha sempre em atenção que após usar uma compressa a mesma é deitada no lixo e não a volta a usar.

 

Arejar ambientes fechados

É fundamental que mantenham sempre os ambientes limpos, principalmente, aqueles que têm tendência a acumular ácaros ou outros alergénicos. Arejar a casa é muito importante para reduzir a presença de eventuais alergénicos. Abrir as janelas e as portas, sacudir os tapetes, panos e roupa de cama pelo menos uma a duas vezes por semana ajuda a manter os ambientes mais limpos.

 

Usar colírio

Os colírios para os olhos apenas devem ser utilizados quando aconselhados por um médico. O uso de colírios sem orientação médica pode originar perigo para a saúde visual.

A utilização de colírios para os olhos são um medicamento e a sua formulação deve ser adequada dependendo do tipo de alergia. Os colírios que podem ser prescritos pelo médico são:

  • Anti-histamínicos e estabilizadores de membrana de mastócitos: atuam controlando os sintomas da alergia, alivia a comichão e trata eliminando todos os sintomas.
  • Imunomoduladores: estes colírios são prescritos quando é necessário um tratamento mais longo.
  • Lubrificantes: limpam o olho e auxilia na eliminação de partículas alergénicas.
  • Cortisona: usados em casos mais graves. Quando existe um comprometimento da córnea e quando apresentam riscos mais elevados para a visão.

 

Detetar ou diagnosticar as causas 

Caso sofra de alergias oculares com alguma frequência é fundamental que conheça o que provoca essa alergia. Caso a alergia seja persistente e não consiga entender a sua causa, poderá ser importante fazer um teste cutâneo de alergia.

Geralmente, a causa mais comum é a conjuntivite alérgica. No entanto, a alergia pode ter sido originada por outras causas externas.

 

StumbleUponEmail